Tempo, vê se dá sossego
Que eu já tenho medo até de sonhar
Vento traz uma notícia
Pro meu coração de novo acreditar
Quando ele bateu a porta
Com o olhar de pouco importa se eu morrer
Com meus olhos encharcados
Me fiz de rogada só pra não perder
De assalto, desespero
Me tomou inteira e eu desmoronei
Tonta demorei um pouco
Pra saber que sonho foi e eu fiquei

Aventureiro quanta saudade, quanta solidão
Não faça pouco dos meus sentimentos
Não toque fogo no meu coração

Vidéo Incorrecte?