Té Já... de Carmen Miranda

Paroles de chanson Té Já... de Carmen Miranda

Té Já...
Té Já...

(Estribilho)
Té já, meu amor, té já
Está na hora de se farrear
Rei Momo nosso ditador não quer saber
de ver ninguém chorar
Té já, meu amor, té já
Chegou a hora de se farrear
E vê se pensas na alegria
que na tristeza não convém pensar

Puxa, puxa, meu amor, puxa, puxa devagar
Puxa a fila e abre alas que eu também quero passar
Quando chega o carnaval, a gente perde o que tem
Se você perder a linha, não vá me perder também
(té já, té já, té já)

(Estribilho)
Cessa tudo, fecha tudo, brinca nêgo, brinca branco
Vou comer cachorro-quente na Avenida Rio Branco
Vou ficar na escadaria que tem o Municipal
Onde a gente lá do morro fica vendo o carnaval
(té já, té já)

(Estribilho)

vidéo incorrecte?