Quando a estrela brilhar na cabeleira
E o galope acordar na beira-mar
Bem-te-vi e a canção na goiabeira
Brisa Lua no mato pra cheirar

No cometa da guitarra baiana
Ou nas cores da cauda do pavão
Zamzibar, tuaregues e patufas
Anda luzes de Ghandhi coração

E tenha fé no azul que tá no frevo
E o azul é a cor da alegria
Um cavalo mambembe sem relevo
Um galope de Olinda pra Bahia

Vidéo Incorrecte?