Todos falam do cangaceiro
Ninguém fala desse guerreiro
Que andou lá no sertão , amigo de lampião

Nas ruas onde passava , crianças erguiam as maõs
E com o seu dinheiro dava , o sustento do pão
Cabra arretado , era bom de coração

E foi casado , com a prima do meu patrão
Não posso dizer o nome, porque ele fazia parte, fazia parte do

Bando de lampião.

Vidéo Incorrecte?