Nasce uma nova emoção dentro do peito
Sinto em meu coração
Ternura em te amar
Vejo em você a beleza
E o teu olhar me traz tanta paz
Ter você é tudo o que eu quero,
Nada mais

É como a doce brisa
Junto ao amanhecer
E o teu olhar me encanta
E me faz renascer
A tua doce presença me faz tão bem
Você é o meu querer,
Amo você
E faz o meu sonho viver


Para preencher os espaços vazios do teu ser,
Na insustentável beleza do olhar em que te revelas,
É preciso tornar-se quase tão irreal,
Quanto este amor que já não esperas;

É preciso viver a intensidade do que negas,
Na certeza quase obscura
De que são teus olhos
Verdadeiros berços de ternura

Pois em tudo o que és,
existe algo de tão incompreensível e inesperado,
Tão belo, tão sublime...
Que talvez, jamais,
palavra alguma possa traduzir

Vidéo Incorrecte?