A ÚNICA
(Rômulo/ Sergio Pinheiro) Ed. Indie Records/ EMI/ Tapajós

Tô de perna bamba, tô com medo já perdi até o chão
Vai ter que dar samba esse amor é como um mar tudo de bom

Leve como um barco de papel, forte como a fúria de um vulcão
É fogo na capoeira, não é chuva de verão

Tô de bem com a vida, to feliz, eu to vivendo lá no céu
To que nem criança sorridente quando vê papai-noel

To apaixonado por você, tanto que não dá pra disfarçar
Por você eu largo tudo, e deixo a vida me levar

Haja o que o houver, você vai ser a única
Haja o que o houver, você vai ser a única

Vidéo Incorrecte?