Quero fugir deste conforto que me entristece e adormece.
Que me desliga de mim própria, da minha essência, da simplicidade e da diferença.
Mas a falta de coragem...não me falta!
É apenas o conforto que me arrasta e não me deixa decidir.
São os hábitos de outras vidas que nos vão contagiando.
Quanto mais olho o mundo mais os vou renunciando.

Refrão:
Quero fugir.
Fugir até onde puder.
Mesmo que dure um instante, já será o bastante para conseguir viver.
Quero soltar-me deste nada que me envolve e não me deixa sequer pensar,
Na forma mais rebelde e irreversível de me escapar.
Que simples o meu querer e tão difícil se vai tornando.
Quanto mais quero escapar mais me vou esgotando.
Mas a falta de coragem...não me falta!

Refrão:
Quero fugir.
Fugir até onde puder.
Mesmo que dure um instante, já será o bastante para conseguir viver.

Vidéo Incorrecte?