Não pense que saudade é um privilégio meu
Hoje é meu dia, amanhã será o seu.
Alguém ainda vai me procurar pra me dizer
Que viu você chorando, lamentando me perder.

Não pense que o amor é coisa que se brinque assim
Um dia você vai amar e se lembrar de mim
Você não é de ferro e tem no peito como eu
Um coração que bate, bate, igualzinho ao meu.

La, la, la, la, la, la
La, la, la, la, la, la
La, la, la, la, la, la
La, la, la, la, laia.

La, la, la, la, la, la
La, la, la, la, la, la
La, la, la, la, la, la
La, la, la, la, laia.

Não pense que saudade é um privilégio meu
Hoje é meu dia, amanhã será o seu.
Alguém ainda vai me procurar pra me dizer
Que viu você chorando, lamentando me perder.

Não pense que o amor é coisa que se brinque assim
Um dia você vai amar e se lembrar de mim
Você não é de ferro e tem no peito como eu
Um coração que bate, bate, igualzinho ao meu.

La, la, la, la, la, la
La, la, la, la, la, la
La, la, la, la, la, la
La, la, la, la, laia.

La, la, la, la, la, la
La, la, la, la, la, la
La, la, la, la, la, la
La, la, la, la, laia.

Vidéo Incorrecte?